• Vinicius Andrade

Como o COVID-19 pode afetar o nosso cérebro?

Atualizado: Mai 5


A contaminação por COVID-19 vem sendo associada a sintomas neuropsiquiátricos por curto tempo ou até prolongados antes, durante e na recuperação após a infecção. Dentre eles apresentam anosmia (perda do olfato), alteração cognitiva e déficits atencionais, além de novos episódios de ansiedade, depressão, psicose, convulsões e até mesmo comportamento suicida. Recentemente foi publicado um artigo no JAMA Psychiatry que reune as mais recentes evidências e explicações para tal fato.

🔹Quando o individuo é contaminado pelo COVID -19 o cérebro passa por um grave estresse. Foi identificado, ainda por mecanismo não muito claro, que o vírus afeta a parede interna dos vasos (endotélio) sanguíneos que são responsáveis pela nutrição do cérebro. Como forma de proteção ele libera proteínas responsáveis para proteção como interleucinas Il-1, Il- 6, Il-10 e TNF-alfa (fator de necrose tumoral alfa) e isso gera um processo inflamatório, que é benéfico porque ele combate a lesão do endotélio.


🔹Porém ao aumentar esse estado inflamatório outras funções como a produção de neurotransmissores acabam sendo reduzidas e isso pode afetar o humor, como anedonia (diminuição do prazer em atividades normalmente agradáveis), alterações cognitivas, tristeza e pensamentos de morte. Outro ponto, são as micro lesões que podem afetar o cérebro.


🔹Embora ainda não temos dados muito claros e com o esforço coletivo esperamos novos conhecimentos e assim condutas mais assertiva para o tratamento dos sintomas neuropsiquiátricos.


Fonte: Boldrini M, Canoll PD, Klein RS. How COVID-19 Affects the Brain. JAMA Psychiatry. Published online March 26, 2021. Doi:10.1001/jamapsychiatry.2021.0500.





4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo