• Ivani Zoia

Tratamento com acupuntura ajuda a diminuir os sintomas da enxaqueca


Um dos males do século é a enxaqueca, que afeta milhões de pessoas no mundo, comprometendo a qualidade de vida, e cada vez mais a saúde devido ao uso excessivo de medicamentos que só tratam os sintomas.


O que é a enxaqueca?

A enxaqueca é uma dor de cabeça de intensidade moderada a forte, muitas vezes acompanhada de náuseas e sensibilidade à luz e ao som. A enxaqueca geralmente ocorre em um lado da cabeça, é latejante e incapacitante.

Dependendo da intensidade da enxaqueca, ela pode afetar a vida profissional e pessoal. Cerca de 90% de quem sofre dessa patologia tem algum prejuízo no trabalho, estudos, atividade de lazer e vida sexual. A enxaqueca possui uma relação muito grande com o estilo de vida – estresse, sedentarismo, tabagismo, uso de bebidas alcóolicas, obesidade, alimentação inadequada (principalmente alimentos gordurosos), transtornos do humor (depressão e ansiedade) e alterações orofaciais (disfunção ATM).


Qual a visão da Medicina Chinesa?


Tanto a enxaqueca como as cefaleias na concepção da Medicina Tradicional Chinesa, deve-se a uma estagnação de Qi (energia) e Sangue. O Fígado para a MTC é o órgão responsável por distribuir sangue de forma livre para todo o corpo, se este é afetado seja por alimentação inadequada, ingestão de bebidas alcóolicas, estresse, raiva ou frustração, o fluxo de sangue e a energia ficam comprometidos gerando assim a dor.


Como funciona o tratamento com a Acupuntura?

O tratamento com a acupuntura inicialmente pode ser feito com sessões uma a duas vezes na semana, e a escolha dos pontos será sempre individualizada e baseada no diagnóstico sindrômico da Medicina Tradicional Chinesa. Os resultados podem ser observados logo durante o primeiro mês de tratamento, dependendo da frequência e da intensidade das crises.

Resultados positivos e melhor qualidade de vida ao paciente.

O objetivo é tornar as crises menos frequentes e menos intensas, de forma que a dor não seja incapacitante e permita ao paciente seguir seu ritmo de vida normal. Os pacientes tratados relatam, além do alívio para as dores, melhora do sono, do humor, melhor relação com as pessoas no dia a dia, melhor desempenho no trabalho.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo